segunda-feira, 26 de março de 2012

Prefeito é denunciado por construir casa e pagar com cheque da prefeitura

EM ANAJATUBA
Nilton Lima, o 'Dr. Nilton' (PV), também foi acusado de pagar aluguel de uma motoniveladora e carros à mulher e ao enteado e falsificar assinaturas de servidores em folhas de pagamento
POR OSWALDO VIVIANI
O prefeito Nilton da Silva Lima Filho, o 'Dr. Nilton' (PV), do município maranhense de Anajatuba (a 141 quilômetros de São Luís), foi denunciado nesta semana ao Ministério Público Estadual por improbidade administrativa. Ele é acusado por um grupo da sociedade civil organizada do município de cometer três atos irregulares: pagar com cheques da Prefeitura a construção de sua casa na cidade; fazer pagamentos, com dinheiro da Prefeitura, à própria mulher e ao enteado, pelo aluguel de uma motoniveladora e veículos; e falsificar assinaturas de servidores municipais em folhas de pagamento.
O Jornal Pequeno teve acesso aos documentos reunidos pelos denunciantes e entregues ao Centro de Apoio Operacional (CAOp) da Probidade Administrativa do MP-MA.
Duas 'tabelas orçamentárias', referentes a nove dias de trabalho na 'construção da residência do sr. Nilton da Silva Lima', comprovam que quatro pedreiros trabalharam na obra nesse período, tendo João Carlos Mendes Dutra Júnior como 'responsável técnico' pelos serviços.
O custo total do trabalho realizado nesses nove dias – 18 a 26 de fevereiro de 2010 – foi de R$ 1.080, valor pago nominalmente a João Carlos Mendes com o cheque do Banco do Brasil nº 030124, da Prefeitura Municipal de Anajatuba, no dia 24 de fevereiro de 2010, com os serviços ainda em andamento.
Parentes beneficiados – Ainda segundo a denúncia apresentada ao MP, o prefeito Nilton Lima também teria efetuado pagamentos irregulares à mulher, Maria Lúcia Marinho Lima, e ao enteado, Daniel Marinho Gonçalves.
À mulher, também com cheque do Executivo Municipal, o prefeito pagou R$ 15 mil pelo aluguel de uma motoniveladora (Patrol), com o cheque do Banco do Brasil nº 033790, emitido em 11 de junho de 2010. Ao enteado, depositou R$ 9 mil, no Banco do Brasil, em 23 de abril de 2009, pelo 'aluguel de veículos Gol' (não foi especificado quantos seriam) à Secretaria de Saúde do Município (Unidade Mista Santa Maria).
Falsificação de assinaturas – A terceira denúncia refere-se à suposta falsificação de assinaturas de agentes de saúde de Anajatuba nas folhas de pagamento dos meses de setembro a dezembro de 2007.
Em ofício encaminhado em junho de 2008 à promotora de Justiça da comarca, Maria Cristina Lima Lobato Murillo, 43 agentes responsabilizam o prefeito Nilton Lima e o secretário de Saúde, Manoel Antonio Pereira, não só pela suposta falsificação como também pela mudança na folha, a maior, no valor dos salários pagos aos servidores.
Segundo os agentes, o valor de seus salários, registrado nas folhas de setembro a dezembro de 2007, é R$ 412, quando, na verdade, os trabalhadores receberam apenas R$ 380 em cada um desses quatro meses – o que significa uma diferença de R$ 32 mensais pagos a menos a cada agente.
O salário constante nas folhas de pagamento (R$ 412) também contraria a portaria do Ministério da Saúde nº 1.761, de 24 de julho de 2007, que fixa o salário dos agentes de saúde em R$ 532.
Todas essas denúncias também serão investigadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público, que já recebeu a referida documentação.
O JP tentou contato telefônico, na tarde de sexta-feira (23), com a Prefeitura de Anajatuba (98 – 3454-1387), mas ninguém atendeu as ligações.
SAIBA mais sobre Anajatuba
População: 25.628 habitantes (atualizada pelo IBGE em 30 de junho de 2011)
Distância: 141 km de São Luís
Prefeito: Nilton da Silva Lima Filho (PV), Dr. Nilton , 56 anos, médico, superior completo, natural de Arari, declarou R$ 400 mil em bens
Vice-prefeito: João Ferreira Gonçalves, o 'João Café' (PV), 71 anos, ensino fundamental incompleto, comerciário, natural de
Anajatuba, não declarou bens
Índice de Desenvolvimento Humano (2000): 0,567
Índice de Exclusão Social (2008): 69,62% da população (mais de 17,6 mil pessoas)
Tornou-se município em 1938
Gentílico: Anajatubense

Novo inspetor da PRF/MA chega para assumir cargo

A 18º Superintendência de Polícia Federal no Estado do Maranhão já possui um novo chefe. O inspetor Valcir Correira Ortins chegou a São Luís para assumir o cargo. Ele vai substituir Tereza Nascimento Pereira e a portaria de nº 304 foi publicada no Diário Oficial da União do dia 29 de fevereiro de 2012.

Segundo informações da assessoria de comunicação da PRF, o inspetor Valcir ingressou na polícia em 1994 com 19 anos de idade. Aos 23 anos foi Superintendente Substituto da PRF, na Paraíba por três anos, vindo a assumir a titularidade dessa Superintendência em maio de 2004 e permaneceu até outubro de 2011. Já assumiu diversas funções na PRF, atuou na área operacional e na administrativa, nas funções de Corregedoria e Financeira.

A indicação para a Superintendência, no Maranhão, decorre da vasta experiência como gestor na Paraíba, estado com características regionais semelhantes às encontradas no Maranhão.

MAIS PRF
Policiais Rodoviários Federais recuperaram, no último dia 23, o veículo Scânia, placa NMO 2060/AL, carregado de refrigerante Antártica. A carreta foi encontrada no pátio do Posto Bananal, localizado no Km 234 da BR 010, entre o Povoado Bananal e o município de Governador Edison Lobão.

De acordo com a PRF, o veículo havia sido tomado de assalto na BR-316, próximo ao Povoado Dezessete, no município de Peritoró, fato ocorrido na noite de quinta-feira (22). A carreta foi fechado por um automóvel, onde desceram três homens, dos quatro que se encontravam no veículo. Todos estavam armados e entraram na cabine da carreta, de onde retiraram o motorista e o deixaram em um matagal às margens da BR-316.

Todos os postos da PRF no estado foram comunicados do roubo depois que o
motorista conseguiu se soltar, sair do matagal e registrar um boletim de ocorrência no posto mais próximo de onde se encontrava.

Policiais Rodoviários Federais ao passarem pelo Posto Bananal, observaram dois homens que se encontravam em um veículo Saveiro branco, placa do Marabá/PA. Um deles abaixou o vidro do Saveiro e ficou observando a carreta com a carga que estava estacionada no pátio do posto, cujas características batiam com a que havia sido roubada no dia anterior.

Dentro da Saveiro foi encontrado um equipamento usado para bloquear o sistema via satélite de rastreamento de autocargas e outros veículos, popularmente chamado de "capeta".

MP pede suspensão de processo seletivo para professores

SÃO LUÍS - A 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Grajaú ajuizou, em 23 de março, Ação Civil Pública com pedido de liminar contra o município (localizado a 555km de São Luís), pedindo a suspensão do processo seletivo, ocorrido no dia 10 deste mês, para contratação de professores temporários. Propôs a ação o promotor de Justiça Carlos Róstão Martins Freitas.
O MPMA solicita também a anulação das provas do certame, bem como de todos os atos referentes ao processo seletivo. Requer, ainda, a imposição de multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento.
De acordo com o promotor de Justiça, o edital do seletivo indicava para as 14h o início das provas e informava que o candidato deveria comparecer ao local de provas com antecedência mínima de uma hora. No entanto, não indicava a hora do fechamento dos portões, o que prejudicou uma parcela considerável de candidatos. No dia do certame, os portões foram fechados às 13h30, excluindo muitos concorrentes do processo seletivo.
Carlos Róstão aponta outra contradição do edital, determinante, segundo o promotor, para confundir os candidatos. O subitem 4.6 aponta que "não será permitido o ingresso de candidato no local de realização das provas após o horário fixado para seu início".
"A simples leitura do referido dispositivo, sem qualquer esforço, impõe a conclusão de que em qualquer momento anterior ao horário estabelecido para o início das provas, o ingresso seria possível, ou seja, permitido", afirmou o promotor de Justiça, na ação.
As informações são do Ministério Público.

TJ-MA instaura ações penais contra prefeitos

SÃO LUÍS - A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ-MA), em sessão nesta segunda-feira (26), recebeu denúncia contra os prefeitos de Santa Rita, Hilton Gonçalo de Sousa, e de Vitorino Freire, José Ribamar Rodrigues. Os dois gestores foram denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPE) e passam a responder ações penais perante o TJ-MA.
O prefeito de Vitorino Freire, José Ribamar Rodrigues, foi acusado pelo MPE de omissão na realização de processos licitatórios, fragmentação de despesas e dispensa irregular de licitações, no exercício de 2006. Segundo a denúncia, Rodrigues teria contratado diretamente empresas e pessoas para fornecimento de bens e serviços, no montante de R$ 3.632.347,20.
Os membros da 3ª Câmara votaram unanimemente pelo recebimento da denúncia, tendo em vista a necessidade de licitação nos casos apontados.
Santa Rita
Segundo a denúncia, Hilton Gonçalves teria deixado de prestar contas, no prazo, de convênio firmado entre a Prefeitura e a Secretaria Estadual de Cultura, no valor de R$ 20.600. O convênio teria custeado atividades e blocos do evento “Carnaval do Maranhão: de volta à alegria”, em 2010.
Os desembargadores Joaquim Figueiredo (relator) e Benedito Belo entenderam que a simples omissão na prestação de contas já teria caracterizado a conduta, estando presentes indícios de autoria e materialidade do crime. O desembargador José Bernardo Rodrigues rejeitou a denúncia, considerando a ausência de justa causa.

domingo, 25 de março de 2012

Médica que atendia Marcelo Dino deixou UTI para ajudar em parto

A médica responsável pelo atendimento a Marcelo Dino, filho do presidente da Embratur, Flávio Dino, disse em depoimento à polícia que se ausentou por 40 minutos da UTI onde o menino estava internado e veio a morrer, no dia 14 de fevereiro. O garoto, de 13 anos, havia sido internado na tarde do dia anterior no Hospital Santa Lúcia, em Brasília, com uma crise de asma.
No depoimento, obtido com exclusividade pela TV Globo, Izaura Costa Rodrigues Emídio contou  que saiu da UTI às 5h30 para atender ao chamado de um colega que estava realizando um parto na sala ao lado da UTI. Segundo depoimento, o bebê nasceu às 5h50. Depois, por mais 10 minutos, ela ficou na sala de reanimação do centro obstétrico para fazer exames clínicos no bebê.
A médica disse que retornou para a UTI às 6h10 depois de ser chamada pela auxiliar de enfermagem. Segundo ela, a auxiliar relatou que Marcelo reclamava de falta de ar. No depoimento, a médica negou que tenha havido falhas no atendimento ao menino e diz que fez tudo o que pode para salvá-lo. Ela disse ainda que Marcelo morreu às 7h do dia 14 de fevereiro.
O G1 conversou neste sábado (24) com a médica Izaura Costa Rodrigues Emídio, que está de plantão na UTI pediátrica do Santa Lúcia. Ela não quis comentar o caso e informou que o hospital vai realizar, na semana que vem, uma entrevista coletiva com a equipe que atendeu Marcelo Dino.
O diretor técnico do Hospital Santa Lúcia, Cícero Henrique Dantas, informou que as UTIs neonatal e pediátrica ficam no mesmo ambiente e que um outro médico estava a postos para atender Marcelo Dino. "Não houve uma quebra da continuidade da assistência, uma vez que um colega do lado na UTI neonatal passou a prestar assistência na UTI pediátrica", explicou Dantas.
O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal e pelo Conselho Regional de Medicina
Depois da morte do garoto, o Santa Lúcia divulgou uma nota em que explicava que Marcelo Dino apresentava “quadro clínico grave de crise asmática” ao dar entrada no hospital. Segundo a nota, o menino foi encaminhado "imediatamente" para a Unidade de Tratamento Intensivo ao ser atendido.
Na nota, o hospital alegava ainda que a família relatou à equipe de atendimento que o jovem tinha asma crônica, era usuário de broncodilatadores e que perdeu a consciência durante uma crise na manhã em que foi internado. Segundo o hospital, Marcelo passou a noite consciente, sendo monitorado na UTI, com quadro estável.
Na nota, o hospital informava que o jovem queixou-se de desconforto e dificuldade para respirar. A direção informou que foi verificado um quadro súbito de piora da oxigenação, quando a equipe responsável pela assistência iniciou os procedimentos de emergência.
A nota informa ainda que houve tentativa de reanimação do paciente, mas que o adolescente não respondeu.
Duvanier
Em janeiro, o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira, morreu devido a um infarto no miocárdio, após procurar atendimento em três hospitais particulares do Distrito Federal: o Santa Lucia, onde morreu Marcelo, o Santa Luzia e o Hospital Planalto, onde Duvanier recebeu atendimento, mas acabou morrendo.
Na época, a presidente da República Dilma Rousseff, solicitou ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a apuração de suposta negligência no atendimento ao secretário e pediu "providências exemplares".
A Delegacia do Consumidor (Decon) e a 1ª DP de Brasília abriram inquérito para investigar as circunstâncias da morte. O inquérito da Decon foi concluído e apontou omissão dos hospitais, que supostamente recusaram atendimento preliminar antes da efetuação de pagamento. Na época da morte, os hospitais negaram ter recusado atendimento.
O inquérito na 1ª DP deverá ser concluído em mais um mês. O delegado Anderson Espíndola disse que outros dois casos de omissão de socorro e imperícia médica estão sendo apurados na delegacia. Um envolve um hospital público e outro um particular.

Guardas municipais são baleados por torcedores em Fortaleza, diz PM

Dois guardas municipais foram baleados por torcedores no terminal de ônibus do Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, neste domingo (25). Segundo o Comando de Policiamento da Capital (CPC), a ação ocorreu por volta de 13h, quando um grupo de homens vestidos com camisas do Ceará fugiram após atirarem nas costas de uma guarda municipal e no braço de outro. Às 16h deste domingo, Ceará e Fortaleza jogam pelo campeonato cearense no estádio Presidente Vargas.

Ainda de acordo com o CPC, os guardas municipais feridos foram socorridos e levados para o hospital Dr Evandro Ayres Moura, o Frotinha do Antônio Bezerra. O grupo segue foragido, mas o CPC informou ao G1 que soldados da PM estão realizando buscas nos bairros próximos ao terminal do Antônio Bezerra, que também recebeu um reforço policial.


Segundo a Guarda Municipal, uma "multidão" de torcedores tentou invadir o terminal do Antonio Bezerra. O órgão informou ainda que, devido ao jogo entre Fortaleza e Ceará, 151 guardas estão divididos nos sete terminais de Fortaleza, 33 deles no Antonio Bezerra.

Anulado o concurso público para Prefeitura de Santa Inês-MA

 

Concurso foi anulado pela segunda vez este ano.
Houve tumulto em vários locais de prova neste domingo (25).


 
Milton Ferreira deve divulgar novo edital de concurso esta semana (Foto: Daniel Aguiar)
Milton Ferreira deve divulgar novo edital de concurso
esta semana (Foto: Daniel Aguiar)
 
Anulado neste domingo (25), o concurso público da Prefeitura de Santa Inês para preenchimento de 605 vagar para diversos cargos na administração pública. A decisão foi anunciada às 9h30 pelo presidente da comissão organizadora do concurso, Milton Carvalho Ferreira.
Houve muito tumulto nos locais de prova. Segundo a comissão do concurso, pelo menos 15% dos candidatos inscritos tentaram fazer a prova sem o cartão de inscrição, mas foram impedidos. Vários candidatos registraram ocorrência na Delegacia Regional de Santa Inês.
A comissão do concurso deve divulgar até quarta-feira (28), o novo edital do concurso para preenchimentos das vagas.
O concurso já havia sido anulado a primeira vez, no dia 5 de fevereiro. Na ocasião, uma mulher chegou a ser presa e solta após pagamento de fiança. A candidata foi flagrada com gabarito num celular. Vários telefones celulares de candidatos teriam sido apreendidos pela polícia.
O concurso público em Santa Inês é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a prefeitura e o Ministério Público do Trabalho para substituição de todos os contratados por servidores concursados até 31 de março.

Dilma viaja para a Índia e deve ficar uma semana fora do Brasil

 


Foto: Agência Brasil
BRASÍLIA - A presidenta Dilma Rousseff viaja hoje (25) às 23h para Nova Delhi, na Índia, onde participa da quarta reunião do bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (Brics). Em discussão as questões relativas aos temas econômicos e financeiros, além de políticas de segurança e paz, assim como o esforço conjunto para o desenvolvimento sustentável, como proposta para redução da pobreza. No dia 31, ela deve estar de volta ao Brasil.
Dilma viaja acompanhada por uma comitiva de cerca de 60 empresários brasileiros. Nas reuniões em Nova Delhi estarão presentes também os presidentes Dmitri Medvedev (Rússia), Hu Jintao (China) e Jacob Zuma (África do Sul), e o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. O Brics se reúne no momento em que ainda há incertezas devido à crise econômica internacional que ainda causa impactos na Europa e nos Estados Unidos.
Na reunião do dia 29, o primeiro-ministro da Índia se prepara para apresentar a proposta de criação de um banco de desenvolvimento do bloco. Os indianos defendem que a nova instituição bancária seja uma espécie de alternativa ao Banco Mundial e ao Fundo Monetário Internacional (FMI).
Porém, o processo para criação e consolidação da instituição deve ser longo e demorado, por isso os líderes políticos deverão assinar apenas uma declaração sinalizando a disposição em criar um grupo técnico para dar início aos trabalhos de instauração do banco.
Os esforços, segundo os negociadores brasileiros, são mostrar para a comunidade internacional que o bloco pode ser referência no cenário econômico e político (internacional). Todos os líderes dos países querem ampliar as relações comerciais internas e externas incentivando a expansão dos mercados exportadores e importadores.
Para o Brasil, é fundamental indicar que o mercado exportador brasileiro não se limita aos produtos agrícolas. Na comitiva presidencial, há empresários dos mais diversos setores, incluindo tecnologia de ponta. Todos participarão do Fórum Empresarial que reúne representantes dos países que integram o bloco.
A intenção é que os presidentes e o primeiro-ministro da Índia assinem uma declaração que fixa a determinação do Brics de ampliar os acordos bilaterais, por intermédio de suas instituições bancárias de desenvolvimento econômico, utilizando moedas locais. No caso do Brasil, o acordo será firmado com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Também deve ser aprovado um texto em defesa da paz e da segurança no Oriente Médio e no Norte da África. Os destaques deverão ser a Síria, em decorrência do agravamento da situação de violência no país, e o acirramento das tensões no Afeganistão, depois do massacre de civis por um sargento norte-americano

Alegria da galera! De biquíni fio-dental, musa do MMA faz topless

Lucilene Caetano, musa do MMA, fez a alegria da galera em uma Praia da Barra da Tijuca, no Rio, na manhã de domingo, 25. Ela foi com Biquíni fio-dental e ainda desamarrou a parte de cima para fazer Topless enquanto tomava sol. Do ângulo da primeira foto ela parece estar nua, não?
Lucilene Caetano (Foto: Wallace Barbosa e Dilson Silva/AgNews)Lucilene Caetano (Foto: Wallace Barbosa e Dilson Silva/AgNews)
Lucilene Caetano (Foto: Wallace Barbosa e Dilson Silva/AgNews)
Lucilene Caetano (Foto: Wallace Barbosa e Dilson Silva/AgNews)

Faltou troco? Saiba os seus direitos e os deveres do estabelecimento comercial

Quem nunca passou pela situação de depois da compra feita, o estabelecimento comercial não ter o troco disponível?

Muitas vezes, por vergonha ou constrangimento, os consumidores acabam deixando os seus trocos no próprio estabelecimento no qual fez a compra.
Outro caso muito comum é o de os consumidores receberem outras mercadorias como troco, a exemplo de bombons.

O advogado e professor José Calda Góis Junior, especialista em direito do consumidor, explica que essa prática, muitas vezes comum, é abusiva. "Bombons e outros tipos de produto não são moedas correntes e nem tem liquidez certa. Por exemplo, se você acumular 10 bombons, futuramente você não poderá trocar por R$1,00 ou outras mercadorias do mesmo valor. O problema dos trocos dados em produtos é que você nem sempre tem interesse por eles. Coagir o consumidor a aceitar ou abdicar do troco é um abuso" afirmou o advogado.

José Calda Góis Junior apontou uma alternativa para como os estabelecimentos comerciais devem proceder neste tipo de situação. "Via de regra o estabelecimento deve ter a precaução de se municiar do troco correto, mas quando isso não acontecer, o comerciante pode estabelecer a política de vales, pois o vale tem liquidez certa.
Em outro momento o consumidor que obtiver certa quantidade de vales poderia ir ao estabelecimento e trocar por outro produto ou dinheiro" sugeriu o especialista.

Veja o que diz o Código de Defesa do Consumidor:

Art. 30. Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação com relação a produtos e serviços oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado.

Art. 35. Se o fornecedor de produtos ou serviços recusar cumprimento à oferta, apresentação ou publicidade, o consumidor poderá, alternativamente e à sua livre escolha:

I - exigir o cumprimento forçado da obrigação, nos termos da oferta, apresentação ou publicidade;

II - aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente;

III - rescindir o contrato, com direito à restituição de quantia eventualmente antecipada, monetariamente atualizada, e a perdas e danos.

Art. 37. É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva.

§ 1° É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços.

§ 2° É abusiva, dentre outras a publicidade discriminatória de qualquer natureza, a que incite à violência, explore o medo ou a superstição, se aproveite da deficiência de julgamento e experiência da criança, desrespeita valores ambientais, ou que seja capaz de induzir o consumidor a se comportar de forma prejudicial ou perigosa à sua saúde ou segurança.

§ 3° Para os efeitos deste código, a publicidade é enganosa por omissão quando deixar de informar sobre dado essencial do produto ou serviço.

Art. 67. Fazer ou promover publicidade que sabe ou deveria saber ser enganosa ou abusiva: Pena Detenção de três meses a um ano e multa.

Washington festeja vitória sobre Bira

É de festa o clima entre os aliados do vice-governador Washington Luiz Oliveira (PT) na eleição de delegados do partido que aconteceu neste domingo.
Ao lado de Chocolate, Washington Oliveira abraça militante Machadinho
A apuração está sendo realizada no Sindicato dos Bancários onde Washington chegou por volta das 19h ovacionado por sua militância.
Com dois dos quatro locais de votação apurados, Washington aparece com 577 votos contra 434 de Bira.
Segundo o comitê do vice-governador, a expectativa é que a diferença aumente nas duas urnas restantes. O comitê prevê que Washington tenha cerca de 30 delegados a mais que o adversário.
A eleição de hoje define o número de delegados que cada candidato terá para a eleição interna final que acontece em 15 de abril.
Depois da baixaria durante a campanha, Bira sequer deu as caras no local de apuração

Serra vence prévias e será candidato do PSDB à Prefeitura de SP

O ex-governador de São Paulo José Serra venceu as prévias do PSDB neste domingo (25) e é o candidato do partido à Prefeitura da capital paulista nas eleições deste ano. Serra recebeu 52,1% dos votos; seus concorrentes, o secretário estadual de Energia, José Aníbal, e o deputado federal Ricardo Tripoli, receberam, respectivamente, 31,2% e 16,7%.

Ao todo, 6.229 militantes do partido votaram, sendo que Serra recebeu 3.176 votos, seguido de Aníbal (1.902) e Tripoli (1.018). Os votos brancos ou nulos somaram 133.

Em seu discurso, o ex-governador pediu empenho à militância. “Temos que trabalhar muito na internet, na TV, no rádio, no horário eleitoral e, principalmente, no boca a boca, na conversa com o vizinho, o tempo inteiro”, disse. Ele evitou citar adversários, mas afirmou que seus correligionários têm que mostrar “a diferença entre nós e eles”. Serra ressaltou ainda que, se eleito, trabalhará com todo tipo de parceria, principalmente com o governo do estado.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Justiça liberta líder da greve da PM na BahiaComentários 3

O líder do movimento grevista da Polícia Militar na Bahia, o ex-soldado do Corpo de Bombeiros Marco Prisco, deixou a cadeia pública de Salvador nesta sexta-feira (23). Prisco, que é presidente da Associação de Policiais e Bombeiros (Aspra), foi solto após passar cerca de 45 dias preso.
Outro líder do movimento, e ex-policial militar Paulo Hohenfeld, que também estava detido, foi liberado na quarta-feira (21). As informações são da Secretaria de Assuntos Penais (Seap). Eles estão em liberdade provisória, expedida pela 2ª Vara de Crime do Estado.

Marco Prisco foi detido no dia 9 de fevereiro. Ele se entregou após vários dias amotinado no prédio da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia e seguiu direto para a cadeia pública de Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura.
Durante todo esse período, ficou em uma cela separada dos demais detentos. Prisco decidiu deixar a Assembléia e se entregar à Polícia Federal após a divulgação, na televisão, de trechos de uma conversa que manteve com outro policial grevista, que sugeria a prática de atos de vandalismo, como o fechamento de estradas e tomada de caminhões de carga. A sua saída foi discreta, pelos fundos do prédio.

Entenda a greve

A Assembleia baiana foi tomada pelos grevistas no dia 31 de janeiro. Entre outros pontos, os policiais grevistas, ligados à Aspra, reivindicavam o pagamento das Gratificações por Atividade Policial (GAP) 4 e 5; anistia administrativa para os PMS e a revogação dos mandados de prisão das lideranças do movimento. Eles conseguiram apenas a primeira parte, ou seja, as GAPs 4 e 5, ainda assim com os prazos de pagamento mais dilatados que os desejados pela corporação.

Devido à greve de parte do efetivo da PM, o pânico tomou conta da população baiana e o movimento, que iniciou-se na capital, eclodiu por todo o Estado. A violência se espalhou. Para conter os índices crescentes de assaltos, mortes e saques a lojas e agências bancárias, o governo baiano pediu reforço ao governo federal, com o envio de tropas da Guarda Nacional e das Forças Armadas. Os homens da Guarda Nacional permaneceram na Bahia até o Carnaval, apesar de o fim da greve ter sido decretado cerca de uma semana antes da folia baiana.

Cobra de 5 metros é encontrada em riacho de Imperatriz




Uma sucuri de 5 metros de comprimento atacou nesta sexta-feira (23) o funcionário da secretaria de Infraestrutura do município de Imperatriz, João Mariano. O operário limpava o riacho Capivara quando foi surpreendido pelo animal. "Eu estava limpando o riacho quando fui puxado pela cobra. Por sorte meus colegas estavam perto e me puxaram pra fora com cobra e tudo", relatou depois do susto.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e teve dificuldades para capturar a cobra. O animal foi transportado foi colocado em uma jaula e levado em um caminhão de combate à incêndio. A cena inusitada atraiu muitos curiosos que filmaram e fotografaram a cobra gigante.
A sucuri foi levada para o Ibama e deve ser solta em um lugar seguro. Segundo o Corpo de Bombeiros, no período chuvoso, é comum a captura de cobras nos riachos que cortam a cidade, distante 641 km de São Luís.

Brasil cede Copa América de 2015 para o Chile, diz imprensa do país


RIO - A Copa América de 2015, que estava marcada para ser realizada no Brasil, será no Chile. É o que garante a imprensa do país nesta sexta-feira. Segundo o jornal "La Tercera", o presidente da federação chilena (ANFP), Sergio Jadue, fará o anúncio da mudança no sábado.
O acordo teria sido fechado por Jadue durante almoço com o presidente da CBF, José Maria Marin, nesta sexta na casa do substituto de Ricardo Teixeira, em São Paulo. O site oficial da CBF noticiou o encontro, mas não deu detalhes sobre o assunto discutido.
O Chile receberia a Copa América somente em 2019, mas passou a negociar com a CBF para receber a edição de 2015, já que o Brasil terá pela frente a Copa das Confederações em 2013, a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas no Rio em 2016.
O Brasil não organiza o torneio continental desde 1989, quando foi campeão vencendo o Uruguai na final no Maracanã (1 a 0 , gol de Romário). Dois anos depois, o Chile recebeu a Copa América pela última vez. Algumas cidades brasileiras chegaram a ser anunciadas como sedes de 2015, como Belém e Goiânia, durante a gestão de Ricardo Teixeira.
De acordo com o "La Tercera", o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, teria chegado a um acordo com o governo chileno para ceder a organização da Copa América de 2015. Porém, em 2009 Teixeira negou que o Brasil abriria mão do torneio e frustrou a ANFP, então presidida por Harold Mayne-Nicholl.
Com a entrada de Jadue, as negociações voltaram e o dirigente teria conseguido convencer alguns membros da Conmebol durante reuniões do Comitê Executivo da confederação sul-americana. A saída de Teixeira também teria ajudado o presidente da ANFP, que passou a tratar diretamente com Marin e viajou a São Paulo para fechar a mudança.

Adriano volta a treinar no Flamengo nesta segunda-feira


Minutos depois do anúncio no site oficial do Corinthians da demissão por justa causa de Adriano, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Paulo César Coutinho, telefonou para o jogador e terminou a ligação empolgado. O Imperador acertou a volta ao Rubro-Negro. Primeiramente para finalizar a recuperação no tendão de Aquiles.
"A informação procede. Tive ciência do comunicado do Corinthians e telefonei para o Adriano. Ele se mostrou empolgado e falou: "Me apresento segunda-feira". O Imperador está voltando. Ele ainda não voltou, mas está voltando. Nem quis falar em contrato, só recuperação. Mostrou coração rubro-negro e o enorme carinho que tem pelo clube e pela torcida", disse Coutinho.
Nesta semana, o vice de futebol acompanhado dos grandes beneméritos Walter Oaquim e Paulo Orro fez uma visita sigilosa à casa do atacante e saiu satisfeito. O centroavante estava ao lado dos filhos e da mãe, dona Rosilda. Durante o encontro, o Imperador disse: "Podem ficar tranquilos que não vai ter erro. Estou com 30 anos, sei que não posso falhar. Quero encerrar minha carreira no Flamengo".
Segundo análise, está motivado e "fininho". A delegação do Flamengo viaja ao Paraguai na segunda-feira e o clube deixará uma equipe com fisioterapeuta e preparador físico à disposição do jogador.
"Nem precisa de nutricionista, pois ele está magrinho, no peso. Adriano quer voltar e mostrar que está a fim de jogar futebol novamente. Ele está muito feliz em poder falar que vai se recuperar no Flamengo e não mostrou preocupação em ganhar fortuna. Só quer novamente ter a alegria de jogar", disse Coutinho.
Campeão brasileiro e artilheiro da competição em 2009, em sua última passagem pelo Flamengo, Adriano passará por todos os exames de um jogador em processo de contratação. No Corinthians, ele trabalhava com o filho de José Luiz Runco, médico do clube carioca, o que facilitará a recuperação de sua lesão no tendão de Aquiles.
O último jogo de Adriano aconteceu no dia 4 de março, quando o Santos venceu o Corinthians por 1 a 0, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

urgente : Chico Anysio morre aos 80 anos

Do G1 RJ
Morreu nesta sexta-feira (23), aos 80 anos, o humorista Chico Anysio. Ele estava internado no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio, havia três meses. Ao longo de seus 65 anos de carreira, Chico Anysio criou mais de 200 personagens e foi um dos maiores humoristas do Brasil com destaque no rádio, na TV, no cinema e no teatro (abaixo, nesta reportagem, relembre sua trajetória). Ele deixa oito filhos.

Anysio apresentou uma piora nas funções respiratórias e renal na quarta-feira (21) e voltou a respirar com ajuda de aparelhos durante todo o dia. Ele estava no CTI do hospital carioca desde 22 de dezembro do ano passado por conta de um sangramento. O comediante chegou a ter o problema controlado, mas apresentou uma infecção pulmonar e retornou à internação. Ele seguia em sessões de fisioterapia respiratória e motora diariamente, somadas a antibióticos.
Chico Anysio, aos 78 anos, posa em sua residência, em São Paulo, em junho de 2009 (Foto: Leonardo Wen/Folhapress )
Chico Anysio posa em sua residência, em São Paulo, em junho de 2009 (Foto: Leonardo Wen/Folhapress )


O ator também já foi submetido a uma laparotomia exploradora, procedimento cirúrgico que serve para revelar um diagnóstico. Essa cirurgia fez com que Chico Anysio tivesse um segmento de seu intestino delgado retirado.

No final de 2010, ele foi levado ao mesmo hospital com falta de ar. Após uma obstrução da artéria coronariana ser encontrada, passou por uma angioplastia, procedimento para desobstrução de artérias. Após 110 dias, teve alta em março do ano passado.

Com fortes dores nas costas, o humorista foi novamente internado em novembro. Ficou no hospital durante cinco dias, para receber medicação intravenosa devido a problema antigo nas vértebras que provocava dor. No fim de novembro, teve febre e os médicos descobriram uma contaminação por fungos, tratada com antibióticos. No começo de dezembro, retornou ao hospital com infecção urinária e ficou internado por 22 dias. Um dia depois, voltou ao Hospital Samaritano.

Nos momentos mais críticos, quando esteve no hospital entre dezembro de 2010 e março de 2011, Chico necessitou da ajuda de aparelhos para respirar e se comunicava com médicos e familiares por meio de mímica. Durante o período pós-operatório, houve o diagnóstico de um tamponamento cardíaco, que acontece quando o sangue se acumula entre as membranas que envolvem o coração (pericárdio).

Durante o período de internação, que alternou momentos no CTI e em unidades intermediárias, Chico Anysio apresentou quadros de pneumonia e passou por sucessivas broncoscopias. As infecções foram tratadas com uso de antibióticos.
Antes, em agosto de 2010, o humorista precisou ser internado para a retirada de parte do intestino grosso após ser constatado um quadro de hemorragia no aparelho digestivo. Em maio de 2009, outra pneumonia o levou ao hospital.
O bordão mais famoso do Professor Raimundo era repetido por Chico Anysio no fim do programa: 'e o salário, ó' (Foto: CGCom/TV Globo)
O personagem mais famoso de Anysio foi o Professor Raimundo (Foto: CGCom/TV Globo)
Rádio e TV
Foi no Rádio Guanabara, ainda nos anos 50, que os seus tipos cômicos começaram a surgir. Até o “talento para imitar vozes”, como o proprio Chico descreveria em seu site, evoluir para a televisão. A estreia aconteceu em 1957, na extinta TV Rio, no programa “Aí vem dona Isaura”. Foi lá que o Professor Raimundo teve sua primeira aparição no vídeo, como o tio da protagonista que vinha do Nordeste — até então o programa só havia sido veiculado pelo rádio.
“Até tinha uma coisa de sentar para criar, mas uns nasceram pela voz, outros pelo tipo, pela personalidade, pela caracterização. Sempre fiz questão de que eles fossem encontrados sem que eu estivesse presente. Que alguém dissesse: "'Na minha terra, tem um Pantaleão. No Rio tem muito Azambuja’”, explicou o humorista ao “Estado de S. Paulo”, em 2009.

Num tempo em que ainda não existiam contratos de exclusividade, Chico pôde fazer participações especiais em programas de outras emissoras e em chanchadas da Atlântida.
O “Chico Anysio Show”, seu primeiro programa de humor, foi lançado no início da década de 60. Foi ao ar pela TV Rio, depois pela Excelsior e em 1982 voltou a ser exibido pela Rede Globo — onde o humorista já trabalhava desde 1969.
A cantora Elza Soares e Chico Anysio durante show em São Paulo em 1967 (Foto: Agência Estado)
A cantora Elza Soares e Chico Anysio durante show em São Paulo em 1967 (Foto: Agência Estado)

Mas foi na Globo que teve seus programas humorísticos de maior sucesso e onde desenvolveu a maioria de seus personagens. Entre as atrações, destaque para “Chico city” (1973-1980), “Chico total” (1981 e 1996) e “Chico Anysio show” (1982-1990).

Alguns desses personagens quase que se misturam à história da televisão brasileira, como o ator canastrão Alberto Roberto, o pão-duro Gastão Franco, o coronel Pantaleão, o pai-de-santo Véio Zuza, o velhinho ranzinza Popó, o alcoólatra Tavares e sua mulher Biscoito (Zezé Macedo) e o revoltado Jovem.

Com o passar dos anos, novos tipos eram criados e incorporados ao programa: o funcionário da TV Globo Bozó, que tentava impressionar as mulheres por conta de sua condição; o mulherengo e bonachão Nazareno, sempre de olho nas serviçais; o político corrupto Justo Veríssimo; e o pai de santo baiano e preguiçoso Painho são alguns dos mais populares.

Apresentada como quadro em outros programas desde a década de 1980, a “Escolinha do Professor Raimundo” tornou-se uma atração independente em 1990. No ar até 2002, o humorístico lançou toda uma geração de comediantes. Entre os “alunos” revelados pelo “professor Chico” estão Claudia Rodrigues, Tom Cavalcante e Claudia Gimenez.

Chico também atuou em novelas e especiais da Globo, como “Pé na jaca” (2007), “Sinhá Moça” (2006), “Guerra e paz” (2008) e “A diarista” (2004). Chico Anysio também teve um quadro fixo no Fantástico por 17 anos (de 1974 a 1991), e supervisionou a criação no programa “Os Trapalhões” no início dos anos 90.
Chico Anysio (na cadeira de rodas) exibe o prêmio especial do júri junto com a equipe do longa 'A hora e a vez de Augusto Matraga' (Foto: Alexandre Durão/G1)
Chico exibe prêmio do Festival do Rio com a equipe do longa 'A hora e a vez de Augusto Matraga', em 2011 (Foto: Alexandre Durão/G1)

Bolacha Água e Sal

Bolacha Água e Sal


O grande intelectual do grupo de Isaías continua a me incluir na repentina cruzada contra Magno e Danúbia. E, como já disse antes, ele é importante demais ao debate e merece atenção. Por isso, peguei sua última resenha para fazer um ping-pong, sendo ele em vermelho e minhas considerações em preto. Vamos lá.



"Fiquei surpreso com um texto apresentado pelo “jornalista”-mor da prefeitura. Surpreso pela falta de elegância e passionalidade. A montagem ilustrativa ficou engraçada, mas um pouco ofensiva. Tudo bem, não sou homem de melindres."

Querem show de deselegância contra adversários? Leiam os textos do encasquetado que tem ideia fixa e fala de passionalidade. Ainda bem que não se melindrou com a charge. Afinal, tanto a pedra posta em minha cabeça quanto a coleira em seu pescoço são brincadeirinhas que a reciprocidade nos obriga a lançar mão.

"Parece que ameacei a visibilidade do defensor da prefeitura. Seus textos já não são admirados como ele outrora imaginou. É o peso de defender o que todos sabem ser indefensável... (Não se preocupe, não tenho intenção de tomar seu emprego. Jamais trabalharia para um grupo tão vil)"

Como antítese de uma linha de pensamento agressiva e intolerante, minha visibilidade vai continuar alta, e nesse ponto o doutor até ajuda. A opinião de que meus “textos não são mais admirados como outrora”, carrega um reconhecimento elogioso que nem sei se mereço, mas agradeço. O cargo que dizem terem lhe prometido não foi o meu, mas isso é coisa para o senhor resolver depois com seu líder Isaías e o honrado grupo político, se vossa intentona do atraso vingar.   

"No texto, o defensor de ego ferido retrucou confiante: “eu mostro por A+B que eles não tem moral para criticar nada”. Que bravata... Que moral tem alguém que foi expulso pela porta dos fundos de Magno Bacelar e agora o defende como quem defende o pão das crianças? Quem na realidade usa uma coleira?"

Reparem aqui que ele altera meu texto, tirando o acento circunflexo que coloca o verbo “ter” na terceira pessoa do plural (não têm moral, conforme escrevi; para: não tem moral no “CTRL V” dele), para singularizar em sua pessoa opinião que tenho de seu grupo político.  Da coleira que lhe aperta a garganta já falei e do rompimento com Magno mais adiante. Sigamos.

"E defender o pão é justamente o ponto. Na sua pequena cabeça ofendida pela visibilidade positiva dos meus textos, ele tenta rechaçar as críticas com desculpas absurdas e fantasiosas de uma Chapadinha utópica."


Muito além do pão, o poder é almejado, jogado na política e enseja muitos escritos. Seus textos – que cumprem o papel da crítica política e administrativa e têm, por isso, sua importância – por outro lado são carregados de julgamentos como se o doutor estivesse dentro da alma das pessoas, atribuindo interesses escusos, de tal forma que lhe tira o direito de zangar quando lembramos que seu sogro foi candidato a vice de Isaías e sua esposa é suplente de vereadora pelo mesmo grupo. O doutor convive com políticos (não há nada de errado nisso, reitero) e quer ser o último biscoito recheado de independência dentro do armazém cheio de bolacha água e sal comprometida. No blog mesmo já apontei falhas e cobrei providências deste governo, só não reconhece quem não quer. Se Chapadinha não é utópica, não é por isso que vamos aceitar que volte a ser caótica.

"O antigo secretário de Magno Bacelar (que foi exonerado, segundo seu patrão, por viver nos braços de Morfeu e contaminar o ar com metano) acredita que minhas pretensões sejam rasteiras como a dele."

Tirando sua "elegância escatológica" de lado, não fui exonerado nem expulso de governo algum. Divergi, me afastei e combati. Divergir e reconciliar é contradição inerente à política. Ah, mas de política o doutor não entende, né?... Então melhor perguntar aos parentes que militam na área. Tem quem já esteve na base de apoio do Magno.

"Quem em um passado recente travou homéricas batalhas com Magno e Danúbia, hoje põe-se a defendê-los em detrimento da própria cidade e ainda fala em nome da moral...hilário. Não, você não é modelo a ser espelhado."

Afastando qualquer pretensão de ser modelo de coisa alguma e mantendo opinião de que seu grupo não tem moral pra nada, pergunto: nenhuma palavra sobre a “coincidência” entre seu texto e o de Ivandro? Hilário mesmo – meu caro doutor – é ver o velho Sísifo labutando mais em blog chapadinhense que carregando pedra pra riba de morro. 

Ex-BBB Monique posa para Paparazzo: ‘Dá para ser gordinha sexy’

Ana Paula Andrade Do Ego, no Rio
A ex-BBB Monique posa para o Paparazzo (Foto: Alexandre Campbell / Paparazzo)
A ex-BBB Monique posa para o Paparazzo (Foto: Alexandre Campbell / Paparazzo)
Se no “BBB” Monique vivia chorando e reclamando das gordurinhas a mais, parece que ela deu uma levantada na autoestima quando saiu do programa. Nesta sexta-feira, 23, a gaúcha fez seu primeiro ensaio sensual, para o Paparazzo, e ficou super à vontade.
“Para mim é tudo novidade, mas estou tranquila. Não tenho vergonha de mostrar meu corpo”, contou ela, entre um clique e outro na casa que serviu de locação para o ensaio, no bairro de Santa Teresa, na Zona Sul do Rio. “Dá para ser uma gordinha sexy”, disse.
Monique _ making of  (Foto: Alexandre Campbell/Paparazzo)
A ex-BBB posa para as lentes de Marcos Serra
Lima
A ex-BBB engordou cinco quilos durante o reality show, mas não conta de jeito nenhum quais são suas medidas agora. “Não tinha nada para fazer, então eu comia. Adoro doce. Também sou ansiosa, desconto tudo na comida. E se dou brecha, engordo”, comentou ela, que mede 1,77m e considera 68 quilos seu peso ideal.
Na adolescência, Monique chegou aos 100 quilos, quando tinha 16 anos. “Me chamavam de balofa, de Muuuunique [ela imita o mugido de vaca]. Afetou minha segurança”.
Com a correria pós-"BBB", Monique acha que vai emagrecer. “Não como direito desde que saí da casa, por nervosismo, ansiedade. Quando ia me imaginar no Paparazzo?”.

Garota de 16 anos assalta ônibus, atira em passageiro e é apreendida

Uma adolescente de 16 anos é acusada de assaltar um coletivo e balear um passageiro na noite da última quinta-feira (22) em São Luís.

De acordo com as primeiras informações, a garota entrou no ônibus com um revolver calibre 38, no Anel Viário. Ela anunciou o assalto e depois de fazer o "raspa", desceu como se nada tivesse acontecido.

Quando se afastou do ônibus, vários passageiros começaram a persegui-la. Quando se sentiu acuada, ela efetuou um disparo, que acertou a perna de uma pessoa indentificada como Anderson Carlos Pereira.

A vítima foi levada para o Hospital o Socorrão I, no Centro, e não corre risco de morte.

Com a confusão formada, vários policiais militares chegaram rapidamente ao local. Os PMs conseguiram apreender a garota, junto com dinheiro, bolsas, é várias joias, tudo fruto do assalto.

A assaltante foi levada para a Delegacia do Menor Infrator na Madre Deus.

Delegada do Consumidor pede prisão de dono da Mega Motos

Uthânia Moreira, delegada do Consumidor, está pedindo à justiça a prisão de Averaldo Isidoro Araújo, um dos sócios da Eletromotos. A solicitação se deve por causa de um provável calote de R$ 1,497 milhão. Averaldo Isidoro Araújo foi chamado para depor mas nunca compareceu.

Segundo a delegada todos os outros sócios já compareceram e não sabem o paradeiro do Averaldo: “Averaldo se utilizou do nome do irmão Carlos Augusto, para abrir a loja Mega Motos localizada na Jordoa. Ele se utilizou de má fé e, desde dezembro, saiu de São Luís e não dá notícias. Por isso pedimos a prisão dele a fim de que ele preste os devidos esclarecimentos. Todos os outros sócios já disseram que vão honrar com o compromisso com os consumidores lesados” disse a delegada.

Além de Averaldo, a delegado indiciou o irmão dele, Carlos Augusto, Júnior de Freitas e a filha Patrícia de Freitas, todos sócios e/ou administradores da Eletromotos. Apenas o Averaldo não compareceu às audiências.

A investigação começou após cerca de dez consumidores reclamarem por não terem recebido o bem solicitado. A empresa forneceu a lista dos consumidores e tem colaborado tanto com a Delegacia do Consumidor quanto com o Procon.

Obra no Maracanã é campeã em irregularidades; sobrepreço já chegou a R$ 163 mi, diz TCU

A reforma do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, é a que possui o maior número de irregularidades dentre as obras de arenas que receberão os jogos da Copa do Mundo de 2014, de acordo com relatório do TCU (Tribunal de Contas da União) divulgado nesta semana.
Segundo o órgão federal de fiscalização, o sobrepreço nas contas da obra já chegou a R$ 163 milhões, levando o custo da empreitada à cifra de R$ 957 milhões.

R$ 776 MILHÕES DESPERDIÇADOS

  • Divulgação Mesmo com a ação do TCU, levantamento feito pelo UOL Esporte no fim do ano passado apontou que O desperdício de dinheiro público com os preparativos do Brasil para a Copa do Mundo de 2014 alcançou a cifra mínima de R$ 776 milhões em 2011. Esta é a soma do que foi gasto em apenas oito episódios protagonizados pelos governos federal, estaduais e municipais. LEIA MAIS
As principais irregularidades elencadas pelo TCU na obra do Maracanã foram: falhas na elaboração do projeto básico, pendências relativas ao estudo de viabilidade econômica da arena e à descrição dos projetos de intervenção no entorno, com os respectivos orçamentos, e indícios de graves irregularidades no processo licitatório de contratação da obra.
A fim de reduzir o desperdício, o TCU imprimiu diligências na obra e recomendou ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) que não liberasse o empréstimo de R$ 400 milhões oferecido ao governo do Estado, que banca a obra, até que as principais iregularidades fossem sanadas.
A administração estadual fluminense, por sua vez, imprimiu sua própria diligência, encontrando um sobrepreço de "apenas" R$ 24 milhões.
Assim, para ver os recursos do banco estatal liberados, o governo do Rio e o consórcio que toca os trabalhos (formado pelas empreiteiras Odebrecht, Delta e Andrade Gutierrez) reduziram a estimativa de custo da obra em R$ 97 milhões.
Por isso, hoje, seu custo oficial é de R$ 859 milhões. O TCU recomendou que se liberassem os recursos do banco de fomento, mas não extinguiu o processo que investiga as irregularidades.
Nada garante, porém, que este será o orçamento final da empreitada. Em janeiro de 2010, as autoridades estaduais fluminenses calculavam que a reforma do Maracanã não custaria mais do que R$ 705,6 milhões.
Se não fosse a fiscalização do TCU, este valor já teria aumentado em R$ 251,4 milhões, segundo o próprio órgão. Atualmente, a previsão inicial do governo do Rio de Janeiro está subestimada em R$ 153,4 milhões

Apóstolo milionário tem mansão avaliada

Do R7
mansão do apóstolo
Reprodução
Vista da mansão de Valdemiro em um condomínio na Grande São Paulo
O dirigente religioso Valdemiro Santiago de Oliveira, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, é proprietário de uma mansão num condomínio da Grande São Paulo, como provam documentos oficiais obtidos com exclusividade pelo R7. Valdemiro Santiago, que se auto-denomina apóstolo, desde o início na semana nega que tenha qualquer patrimônio em seu nome.
No último domingo (18), o programa Domingo Espetacular, da Rede Record, revelou que Santiago usou dinheiro da igreja para comprar uma fazenda de quase R$ 30 milhões em Mato Grosso.

Documentos oficiais mostram que, no ato da assinatura, Valdemiro transferiu o imóvel para a empresa dele. Outras duas fazendas na mesma região também foram compradas com dinheiro da igreja e teriam sido arrendadas pelo apóstolo. Ao todo, são cerca de R$ 50 milhões e 26 mil hectares de terras – tamanho de quase 14 mil campos oficiais de futebol.

Fotos comprovam que Valdemiro mentiu sobre compra de fazenda

Mas é na casa, na cidade de Santana de Parnaíba, que moram Santiago e sua mulher, bispa Franciléia de Castro Gomes de Oliveira. O imóvel fica no condomínio Tamboré 2, um dos mais caros da região – segundo corretores, o preço das mansões varia de R$ 7 milhões a R$ 10 milhões.

Um documento oficial do Registro de Imóveis da Comarca de Barueri atesta que o casal possui duas casas somente naquela região. Além da mansão, Santiago e Franciléia são donos de um apartamento em Alphaville, cujo preço gira em torno de R$ 500 mil.
.

Registro imóvel Valdemiro
Nos últimos dias, Valdemiro utiliza seus cultos e seus programas de TV para repetir, com insistência, que não possui nenhum patrimônio em seu nome. Na terça (20), ele foi enfático:

— Eu não tenho coisa nenhuma.

Na quarta (21), ele voltou a assegurar que não tem nenhum bem em seu nome.

— O que eu tenho na vida? Nada.
Além da fazenda milionária, como prova a escritura mostrada pelo Domingo Espetacular, o apóstolo também possui mais estes dois imóveis numa das regiões mais caras e luxuosas da Grande São Paulo.

Um documento da Justiça de São Paulo, também revelado pela reportagem da Record, prova que, paralelamente à compra da fazenda de Valdemiro, existem 59 ações de despejo contra templos da Igreja Mundial.

O Ministério Público Federal de Mato Grosso e a Inteligência da Receita Federal anunciaram que vão investigar a compra da fazenda.

Líderes religiosos serem donos de propriedade não é condenável, mas o que as autoridades querem saber é se o apóstolo comprou a mansão com dinheiro da igreja e passou para o seu nome. E ainda por que ele mentiu ao garantir que não tem nenhum bem em seu nome

Procurada pelo R7, a assessoria da Igreja Mundial não retornou.

Programa Polícia Civil nas Ruas combate poluição sonora em São Luís

O Programa Polícia Civil nas Ruas, coordenado pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), realizou ao longo desta semana diversas incursões de combate à poluição sonora na Região Metropolitana de São Luís.

Ao todo, as viaturas policiais percorreram 16 localidades da capital maranhense, alvos de denúncias feitas ao Plantão Especial de Repressão Qualificada à Poluição Sonora.

As operações foram realizadas nos Bairros Cohatrac, Anjo da Guarda, Vila Embratel, Vila Janaina, São Bernardo, Santa Efigênia, Bairro de Fátima, Jardim Tropical, Araçagi, Filipinho, Cidade Olímpica, Jaracati e Parque Universitário. Nas abordagens, a polícia realizou ações educativas e repressivas.

Durante as vistorias foram encontrados três estabelecimentos comerciais com aparelhagens de som mecânico apresentando volume acima dos oitenta decibéis.

Nos três casos foram lavrados auto de prisão em flagrante contra os donos dos estabelecimentos, situados nos Bairros da Vila Embratel, Anjo da Guarda e Cidade Olímpica.

Ainda durante a operação, três veículos foram encontrados com som acima do volume permitido e foram apreendidos pelos policiais. Uma das violações aconteceu em um posto de combustível do Bairro do Filipinho. Os outros dois casos, na Vila Embratel e no Anil. Os proprietários dos automóveis foram presos em flagrante com base no artigo 54 da LEI 9.605-98.

Todos foram encaminhados à Delegacia de Costumes e Diversões Públicas para disposições legais.

De acordo com a Lei do Silêncio é permitido no período diurno em áreas residências, som com volume até 55 decibéis (dBA) e no noturno até 45 dBA. Já para outras áreas, a Lei permite som com altura até 65 dBA, durante o dia, e 55 dBA, durante a noite. Em áreas industriais, o volume permitido é de até 70 dBA e noturno até 60 decibéis.

As denúncias podem ser feitas pelos telefones da Delegacia de Costumes (3214 8652/3214 8653) e do Disque Denúncia (3223 5800) e, ainda, pelo telefone 190 do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

quinta-feira, 22 de março de 2012

Avenida Rodoviária antes e depois do Asfalto

A avenida Rodoviária que estava em péssimas condições, agora é só alegria, a rua asfaltada melhorou o trânsito e valorizou as residências, nessas fotos você vai perceber como era a rua antes a depois do asfalto.
Esse trecho liga o começo no Hiper Econômico e vai até a Assembléia de Deus no Bairro Caterpilla.



Rua do Comércio está sendo asfaltada. Nesta quarta começa na Oliveira Roma

A prefeitura de Chapadinha está intensificando as obras de pavimentação das principais vias da cidade. Ontem teve início a pavimentação da Rua do Comércio que receberá quase 1km de camada asfáltica.


Amahã, de acordo com Chico Prata, um dos coordenadores da obra, deverá ter início a pavimentação da Avenida Oliveira Roma.


Alguns comerciantes ficaram felizes com a noticia, mas sugeriram que a obra fosse feita num final de semana, para não atrapalhar as vendas.

TRE divulga lista de candidatos com contas desaprovadas em 2010

 
A Presidente deste Tribunal, Desa. Anildes Cruz, divulgou a lista de candidatos que tiveram suas contas de campanha desaprovadas nas Eleições 2010 (veja a lista).
O Tribunal Superior Eleitoral, no mês de março, dispôs, por meio da Resolução nº 23.376/2012, que a aceitação das contas eleitorais é uma exigência para obtenção da certidão de quitação eleitoral nas Eleições de 2012 e, em consequência, do próprio registro de candidatura (art. 52, § 2º).
Segundo a Ministra Nancy Andrighi, em seu voto vista: "O candidato que foi negligente e não observou os ditames legais não pode ter o mesmo tratamento daquele zeloso que cumpriu com seus deveres. Assim, a aprovação das contas não pode ter a mesma consequência da desaprovação".
A Resolução nº 23.376 define, igualmente, as regras para a arrecadação, gastos de recurso e prestação de contas de campanha de candidatos, partidos políticos e comitês financeiros.

TCE condena ex-prefeito de São João Batista a devolver mais de R$ 9 milhões ao município

O Tribunal de Contas do Estado condenou o ex-prefeito de São João Batista, Eduardo Henrique Tavares Dominici, a devolver R$ 9,7 milhões aos cofres do município. A decisão foi tomada na sessão da última quarta-feira (21), quando o Pleno do TCE rejeitou as contas do ex-prefeito relativas ao exercício de 2005, desaprovando suas contas de governo e julgando irregulares suas contas de gestão.
O débito com o erário é decorrente de inúmeras irregularidades, entre as quais se destacam despesas impróprias custeadas pela prefeitura do município, não escrituração de valores e ausência de documentos comprobatórios.
Além do débito, o gestor terá que arcar com o pagamento de multas que chegam perto de R$ 1 milhão, sendo que somente a multa no valor de R$ 907mil é decorrente do débito com o erário. Como se trata de primeiro julgamento, o ex-prefeito pode recorrer da decisão junto ao TCE.
Na mesma sessão, o Tribunal desaprovou as contas de José Ribamar Rodrigues (Vitorino Freire, 2009), com débito no total de R$ 2,6 milhões decorrente do julgamento irregular das contas de gestão, do Fundo Municipal de Saúde (FMS), do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) e do Fundeb. As multas impostas ao ex-prefeito totalizam R$ 749,2 mil. Cabe recurso da decisão.
Ainda entre as prefeituras, o TCE desaprovou as contas de João Menezes de Sousa (Arame, 2007) e julgou irregulares as contas de João dos Santos Melo Amorim (Presidente Sarney, 2008), com débito de R$ 34,9 mil e multa de R$ 13,6 mil. Também foram julgadas irregulares as contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS) de João dos Santos Melo Amorim (Pres. Sarney, 2008, com débito de R$ 34,9 mil e multa de R$ 13,6 mil).
Na mesma sessão, o Tribunal aprovou com ressalvas as contas de governo de João Santos Braga (Riachão, 2007), julgando irregulares suas contas de gestão, com débito de R$ 5,3 mil. Foram julgadas regulares com ressalvas as contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS), Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), do Fundo Municipal de Saúde (FMS) e do Fundeb.
Em grau de recurso, o TCE julgou regulares com ressalvas as contas de gestão de Humberto Ivar Araújo Coutinho (Caxias, 2006), Francisco Martins Santos Filho (Gerência de Articulação e Desenvolvimento da Região do Cerrado Maranhense, 2006),  e a Tomada de Contas dos Gestores dos Fundos Municipais de Nilton da Silva Lima (Anajatuba, 2007).

CÂMARAS – Entre as câmaras municipais, o Tribunal julgou irregulares as contas de Antonio Carlos Montelo de Sousa (São Mateus do Maranhão, 2009, com débito de R$ 78 mil e multas no total de R$ 27,2 mil), Gilmar Soares (Pinheiro, 2009, com débito de R$ 312 mil e multas no total de R$ 113 mil), Manoel Cândido Pereira (Centro Novo do Maranhão, 2006, com débito de R$ 19,4 mil e multas no total de R$ 19,8 mil), Raimundo Nonato Sousa (Senador La Rocque, 2006, com débito de R$ 63 mil e multas no total de R$ 12 mil), Eli Rodrigues Duarte (Capinzal do Norte, 2007, com débito de R$ 56 mil e multas no total de R$ 8,6 mil), Nelson Freire de Andrade (Paulo Ramos, 2006, com débito de R$ 64,2 mil e multas no total de R$ 11,4 mil), Maria Telma Gonçalves Oliveira (Vitorino Freire, 2007, com débito de R$ 37 mil e multas no total de R$ 31 mil) e Fran Edson Costa Cardoso de Oliveira (São Domingos do Maranhão, 2007, com débito de R$ 61 mil e multas no total de R$ 20 mil).